Faqs

TEP: Tromboembolismo Pulmonar

 

O Tromboembolismo Pulmonar é uma patologia com alta letalidade, cerca de 20% de mortes em doentes diagnosticados. Os sintomas são hipotensão, dispneia, desmaio, taquicardia, fraqueza e dor torácica, com desfecho fatal em apenas 1 hora.

Um dos auxiliares de diagnóstico disponível é o doseamento do D- Dimero, uma proteina presente no sangue de doentes com um quadro de hipercoagulabilidade, como seja o tromboembolismo pulmonar (TEP) e também a trombose venosa profunda (TVP). Asim um doseamento de D-Dimero negativo, afasta o diagnóstico da doença, eliminando avaliação adicional. No entanto a positividade, não aumenta a probabilidade clínica de o doente ter TEP, já que a sua especificidade é de 35%, mas a sua facilidade de determinação, e o seu valor de exclusão do diagnóstico, faz do doseamento do D-Dimero, um meio auxiliar de diagnóstico, com um valor considerado «padrão ouro », segundo o Colégio Americano de Emergência Clinica.